Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Governança e militança na Província do ES

MAPA DA FORÇA MILITAR DA 1.ª E 2ª LINHA DA PROVÍNCIA DO ESPÍRITO SANTO

A administração civil era constituída pelopresidente da província, Conselho Provincial, secretário(76) e um oficial daSecretaria. Diz a Memória: “Todas as autoridades lhe são sujeitas [isto é, aopresidente], mesmo as independentes”.

O governo militar compunha-se do comandante das Armas e seu ajudantede ordens, sendo que os efetivos da primeira e segunda Linha, ao se inauguraro ano de 1828, totalizavam 1.849 homens, conforme se vê do quadro seguinte:

MAPA DA FORÇA MILITAR DA 1.ª E 2ª LINHA DA PROVÍNCIA DO ESPÍRITO SANTO(77)

Ver imagem do quadro logo abaixo da matéria.

Relativamente às companhias de ordenança, eram iguais ao número de distritosda província e “cada uma delas mais ou menos forte conforme a população”.(78)

 

NOTAS

(76) - O primeiro secretário do governo provincial – José Henrique de Paiva – foi nomeadoa vinte e oito de novembro de 1823 (DAEMON, Prov ES, 267). É mister notar, entretanto, queexistira, anteriormente, o cargo de secretário do governo da Capitania, criado pelo decreto real dedez de setembro de 1810. O primeiro ocupante desse lugar foi João Barroso Pereira.

(77) - Inácio Acioli, Memória.

(78) -“Cada uma das Vilas, e a mesma Capital contém um capitão-mor e tantos capitães,alferes e sargentos de ordenança quantos são os distritos em que se subdivide. A Cidade é divididaem cinco distritos; Itapemirim em quatro; Benevente em quatro; Guarapari em quatro; EspíritoSanto em dois; Nova Almeida em seis; S. Mateus em quatro. Cada uma das Vilas, e Cidadesfornecem os corpos da 2.ª linha com a força que tem; comparecendo na Capital nas formaturasde corpos, em certos lugares do seu distrito na formatura de Companhia” (Memória).

 

Fonte: História do Estado do Espírito Santo, 3ª edição, Vitória (APEES) - Arquivo Público do Estado do Espírito Santo – Secretaria de Cultura, 2008
Autor: José Teixeira de Oliveira
Compilação: Walter Aguiar Filho, maio/2018



GALERIA:

📷
📷


História do ES

Orçamento e ensino na República

Orçamento e ensino na República

A Companhia de Aprendizes Marinheiros proporcionava ensino profissional à mocidade

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

Duarte de Lemos, homem providencial

Duarte de Lemos rumou para o Espírito Santo com seus “criados e outras pessoas que por seu respeito vieram com ele”

Ver Artigo
Preparativos de viagem do donatário Vasco Fernandes Coutinho

Em Portugal preparava a viagem para o senhorio que lhe coubera “pera todo sempre”, segundo rezava a carta

Ver Artigo
Viajantes Estrangeiros no ES - Auguste de Saint-Hilaire

Augustin François César Prouvencial, segundo o nome de batismo, ou Auguste de Saint-Hilaire,

Ver Artigo
A Colonização do solo Espírito-Santense - Por: Yvone Amorim

Vasco Fernandes Coutinho faleceu a 16 de janeiro de 1561, em Vila Velha, onde residia. Acreditamos, em um futuro bem próximo, que se possa resgatar a importância da figura do donatário, como a melhor forma de cultivar a sua memória

Ver Artigo
Visita do Imperador ao ES – 1860

SS. MM. desembarcavam ao meio-dia. A esta hora todas as autoridades civis e militares, sacerdotes, estavam no Cais das Colunas esperando SS. MM.

Ver Artigo