Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Literatura e Crônicas

Na Margem - Por Ivan Borgo

Na Margem - Por Ivan Borgo

Um enclave em pleno asfalto selvagem, ou melhor, ao lado do asfalto selvagem da Fernando Ferrari

O azul do céu de Vitória - Por Ester Abreu Vieira de Oliveira

O azul do céu de Vitória - Por Ester Abreu Vieira de Oliveira

Em 1956, Vitória se transformaria para mim em um lugar onde encontraria cultura, trabalho, novos amigos e onde constituiria uma família

As Pontes de Vitória - Francisco Aurélio Ribeiro

As Pontes de Vitória - Francisco Aurélio Ribeiro

Se o por do sol é assim, imagine aquela lua... 

Ano Novo - Ano Velho - Por Nelson Abel de Almeida

Ano Novo - Ano Velho - Por Nelson Abel de Almeida

O ano que passou, o ano que está chegando ao seu fim já não desperta mais interesse; ele é água passada e água passada não toca moinho, lá diz o ditado

Ano Novo - Por Eugênio Sette

Ano Novo - Por Eugênio Sette

Papai Noel só me trouxe avisos bancários anunciando próximos vencimentos e o meu Dever está maior do que o meu Haver

Com o pé no futuro - Por Nilo Martins

Com o pé no futuro - Por Nilo Martins

Vitória, na década de 50, era muito provinciana. Jantava-se cedo, conversava-se nas portas e janelas das casas, que não sofriam a concorrência das novelas de televisão

Vitória de muitas Pontes – Por Anilton Candido Trancoso

Vitória de muitas Pontes – Por Anilton Candido Trancoso

Perto desta ilha, de príncipe e mercado tem uma ponte, que por entre a exuberância de suas ferragens guarda segredos

Que fim levaram as tanajuras? - Por Francisco Aurélio Ribeiro

Que fim levaram as tanajuras? - Por Francisco Aurélio Ribeiro

Não só o índio que comia, era toda a população, como confirma o relato Auguste de Saint-Hilaire

General Osório Número 120 - Por Mário Gurgel

General Osório Número 120 - Por Mário Gurgel

Oferta de uma criatura residente na Rua General Osório 120, para a festa de Natal dos menores da Casa do Menino

Moqueca Capixaba - Por Renata Bomfim

Moqueca Capixaba - Por Renata Bomfim

As bocas anseiam e marejam como velas errantes ao mar