Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Vovô no Céu - Por Sérgio Figueira Sarkis

Antônio Miguel, na calçada em frente ao seu estabelecimento comercial, na Av. Jerônimo Monteiro, no Centro de Vitória, trajando seu único terno

Vovô chega ao céu e é recebido por São Pedro, a quem pede permissão para entrar. São Pedro pega o arquivo dele e diz:

- Não tem aqui informação do senhor ter feito qualquer caridade na terra. Pelo contrário, consta que era pão duro, vivia recluso, sem praticar benfeitoria às pessoas necessitadas! Diante disso, não vejo como permitir sua entrada no céu, a não ser que me relate pelo mesmo dois atos de caridade que tenha praticado.

 Vovô pensou, pensou, pensou e disse:

— Há 20 anos, passando pela Praça Oito, encontrei uma família de cinco filhos, mortos de fome e sede. Resolvi ajudá-los, dando-lhes uma moeda de um réis.

— E o outro?

Vovô então disse:

— Dez anos depois, passando pela Avenida Jerônimo Monteiro, numa noite muito fria, encontrei um mendigo, tremendo e com fome. Ele me pediu ajuda e, com pena, dei-lhe um réis e segui adiante.

Silêncio... São Pedro então pergunta:

— Tem o senhor mais alguma coisa para relatar?

— Não, respondeu vovô.

Então, São Pedro mete a mão no bolso, puxa duas moedas de um réis cada, e, dando-as a vovô, faz a seguinte exclamação:

- Tome aí seus dois réis e vá para o inferno!

  

Fonte: No tempo do Hidrolitol – 2014
Autor: Sérgio Figueira Sarkis
Compilação: Walter de Aguiar Filho, fevereiro/2019

Literatura e Crônicas

Carnaforró pé-de-serra - Por Francisco Aurélio Ribeiro

Carnaforró pé-de-serra - Por Francisco Aurélio Ribeiro

Terça-feira de carnaval, resolvemos deixar o bucolismo (e os borrachudos) para curtir o carnaval em Domingos Martins

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

Na Margem - Por Ivan Borgo

Um enclave em pleno asfalto selvagem, ou melhor, ao lado do asfalto selvagem da Fernando Ferrari

Ver Artigo
O azul do céu de Vitória - Por Ester Abreu Vieira de Oliveira

Em 1956, Vitória se transformaria para mim em um lugar onde encontraria cultura, trabalho, novos amigos e onde constituiria uma família

Ver Artigo
As Pontes de Vitória - Francisco Aurélio Ribeiro

Se o por do sol é assim, imagine aquela lua... 

Ver Artigo
Ano Novo - Ano Velho - Por Nelson Abel de Almeida

O ano que passou, o ano que está chegando ao seu fim já não desperta mais interesse; ele é água passada e água passada não toca moinho, lá diz o ditado

Ver Artigo
Ano Novo - Por Eugênio Sette

Papai Noel só me trouxe avisos bancários anunciando próximos vencimentos e o meu Dever está maior do que o meu Haver

Ver Artigo