Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

A Revolta de Xandoca

Na foto, Marcondes Alves de Sousa – que sucedeu a Jerônimo Monteiro

Marcondes Alves de Sousaque sucedeu a Jerônimo Monteiro – o Congresso Estadual submeteu a Constituição a uma reforma cujo objetivo principal era atender a interesse político eventual.

Preocupado em conhecer pessoalmente os problemas locais de cada região, Alves de Sousa visitou todos os municípios do Estado, em 1913.

Ao fim de seu governo – quando da propaganda eleitoral para a sucessão presidencial – o Estado conheceu, novamente, dias de luto e tristeza, provocados por tremenda luta política.

O Espírito Santo dividiu-se entre os partidários de José Gomes Pinheiro Júnior e Bernardino Monteiro. Reconhecida, oficialmente, a vitória do último, os partidários daquele tentaram estabelecer um segundo governo, com sede em Colatina.

O episódio é conhecido pelo nome de Revolta do Xandoca, devido a Alexandre Calmon. Esse político, a princípio companheiro de chapa de Bernardino Monteiro, como candidato à vice-presidência, rompeu com os antigos correligionários, aliando-se a Pinheiro Júnior.

Realizadas as eleições, os partidários do último instalaram um Congresso Legislativo, em Vitória, sob a presidência de Joaquim Guimarães. A vinte e três de maio de 1916, Pinheiro Júnior instalou seu governo em Colatina, proclamada capital do Estado, e embarcou, em seguida, para o Rio de Janeiro, de regresso a Teresópolis, onde clinicava.

 Alexandre Calmon, na qualidade de vice-presidente, manteve-se ali até o dia vinte e nove de junho de 1916, data em que se internou no território mineiro, seguido de um grupo de companheiros solidários com a sorte do chefe vencido.

 

Fonte: História do Estado do Espírito Santo, 1951
Autor: José Teixeira de Oliveira
Compilação: Walter de Aguiar Filho, outubro/2012

Curiosidades

Obra de arte que vem do barro

Obra de arte que vem do barro

A confecção das panelas de barro, feita pelas paneleiras de Goiabeiras, é uma tradição secular herdada dos indígenas

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

Parabólicas ao vento ou o que há além de um presépio diurno

São enfeites prateados semicirculares, como bolas de Natal cortadas ao meio penduradas de cabeça pra baixo

Ver Artigo
Os açorianos em Viana/ES – Favores fiscais

A povoação foi oficialmente instalada a quinze de fevereiro de 1813

Ver Artigo
Relação dos terrenos distribuídos aos casais de ilhéus na povoação de Viana

Decreto de 19 de maio de 1818, confirmando as datas de terras concedidas a casais de ilhéus, estabelecidos na antiga povoação de Santo Agostinho na vila de Viana e na Pimenta da mesma vila

Ver Artigo
Ata da eleição de membros da 1ª Junta Provisória da província do ES, 1822

Em 01/03/1822, nesta vila de Nossa Senhora da Vitória, cabeça da comarca da capitania do Espírito Santo

Ver Artigo
O epílogo pecebista – Partido Comunista Brasileiro

A principal força política de esquerda no período anterior deposição de Jango foi o Partido Comunista Brasileiro

Ver Artigo