Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Capixaba: valores únicos!

Paneleiras de Goiabeiras - A queima

De todos os aspectos culturais peculiatres do ES, o mais evidente, talvez, seja a nossa culinária. E, neste quesito, temos valores que são só nossos. A panela de barro, por exemplo, com suas formas irregulares e sua coloração escura, não pode ser encontrada em outro lugar.

Tradição passada de mãe para filha, confeccionar a panela de barro é quase uma instituição. O utensílio, que tem tamanhos variados, junto com o coentro e o colorau, faz qualquer um perceber a diferença entre uma peixada e uma legítima moqueca capixaba.

Mas não é só isso. Outros costumes nos foram passados nesses anos de colonização. O congo, da forma como existe no ES, é único. Em outros estados do país, a manifestação acontece. Mas as bandas de congo são uma peculiaridade nossa, do capixaba.

Elas são características da região litorânea do estado e se destacam por seus cânticos em tons dolentes, os versos espichados e repetidos à exaustão. Os temas são variados. As bandas de congo estão sempre presentes nas festas folclóricas e nas festas dos santos: São Benedito, São Sebastião e São Pedro.

O folclore capixaba é rico em manifestações líricas e abrange um campo variado de tradições, que misturam o sagrado e o profano. Entre as tradições, podemos destacar as bandas de congo, no litoral; o Ticumbi, em Conceição da Barra; a Puxada do Mastro, na festa de São Benedito, na Serra; e as Folias de Reis por todo o estado.

 

Fonte: A Tribuna - 21/05/2000

 

Links Relacionados:

>> Capixabas, modéstia à parte 
>> A mexerica pocou!!!
>>
 
Capixabês 
>> Folclore Capixaba 

Matérias Especiais

Roteiros de Anchieta

Roteiros de Anchieta

A Igreja Matriz Nossa Senhora da Assunção é a antiga residência do “Apóstolo do Brasil”, hoje Museu Nacional de Anchieta, foram construídas no século XVI pelo beato e pelos índios tupi-guaranis catequizados

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

Hermógenes - Amor pela Barra

Aos 12 anos, Hermógenes embarcou com a mãe e o irmão Ivo no navio de cabotagem Lud e, após longa viagem, aportaram em Vitória. Foi morar em Paul, município de Vila Velha

Ver Artigo
Memória Capixaba - O Arquivo e a Biblioteca (II) – Por Gabriel Bittencourt

O novo Congresso Legislativo construído sobre os escombros da antiga igreja da Misericórdia, que fora arrasada por ordem de Jerônimo Monteiro

Ver Artigo
A Polícia Militar na Historiografia Capixaba - Por Gabriel Bittencourt

A Policia Militar jamais suscitou tanta evidência, seja na imprensa ou no seio da comunidade cultural, como neste ano em que comemora 150 anos de existência

Ver Artigo
As precursoras de uma literatura feita por mulheres no ES

Francisco Aurélio Ribeiro comprova em seu livro, A Literatura do Espírito Santo, que no final do século passado a tônica era machista. As mulheres podiam fazer versos, desde que não os publicassem...

Ver Artigo
As revolucionárias nos anos 30 - Por Francisco Aurélio Ribeiro

Maria Stella de Novaes (1894-1990) e Haydée Nicolussi (1905-1970) são da mesma geração e foram revolucionárias de seu tempo, cada uma a sua maneira

Ver Artigo