Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando desde 2000 a Cultura e História Capixaba

Associações Sociais - Por Eurípedes Queiroz do Valle

Antiga sede do Clube Álvares Cabral no casarão da Praça Costa Pereira em frente ao Teatro Carlos Gomes

1) Caçadores Carnavalescos Clube. (CCC) Situa-se na cidade de Cachoeiro de Itapemirim. Possui sede própria no centro da cidade. É puramente social. Dispõe de salão de festas e dependências confortáveis, cuidadosamente decoradas e equipadas. É o mais antigo da cidade e do Estado, guardando uma tradição de brilho e distinção em suas festas. Foi fundado em maio de 1900. É o preferido para banquetes, concertos, conferências e festividades artísticas e sociais, devido sobretudo à facilidade de acesso. É o Clube da alta aristocracia cachoeirana.

 

2) Clube de Regatas Saldanha da Gama.  É social e esportivo. Dispõe de magnífica sede social em local privilegiado. Situa-se na parte mais estreita do canal de acesso ao Porto de Vitória, oferecendo vista deslumbrante sobre a baía e sobre a cidade. Ocupa uma grande área pertencente à antiga Fortaleza de São João, cujos portões, paredões e canhões ainda ali se encontram conservados como atração histórica. As suas piscinas, campos de basquete, ginásio, oficinas e garagens para barcos ocupam outra parte dessa área pertencente a uma antiga chácara. Das varandas de seus salões que dão para a entrada do porto poder-se-á apreciar o espetáculo da entrada dos grandes navios, que passam vagarosos, a poucos metros de distância, entre a velha fortaleza e o Penedo, o “Pão de Açúcar” dos capixabas. Por esse clube passa, em curva graciosa, a linda Avenida Beira-mar, com o seu movimentado trânsito de automóveis. O Saldanha é um dos mais antigos Clubes sociais do Estado. Sua fundação data de 29 de julho de 1902.

 

3) Clube de Natação e Regatas Alvares Cabral. É social e esportivo. Possui excelente sede social própria em majestoso edifício sito na Praça Costa Pereira, antiga Praça da Independência, a mais central da cidade. Possui amplas dependências. No seu salão principal, reúnem-se, semanalmente, os dois Rotaris Clubes da cidade. O seu restaurante está aberto ao público. Tem a sua sede esportiva no arrabalde do Suá onde se localizam as suas piscinas, seus campos de esportes, de diversões e ampla área para estacionamento de automóveis. É local aprazível, à margem da entrada do porto de onde se descortinam todas as ilhas verdejantes que embelezam essa entrada. É também um dos mais antigos Clubes do Estado, pois foi fundado em 7 de Julho de 1902.

 

4) Clube Vitória. É o Clube aristocrático da Capital. Dispõe de excelente sede social otimamente situada no maior jardim da cidade, o aprazível Parque Moscoso. Nele se realizam, de preferência, os grandes banquetes festivos da cidade, conferências, congressos, simpósios, concertos e exposições de arte. Possui salões em todos os seus andares. O seu Bar e Restaurante estão abertos ao público. Dispõe igualmente de excelente Biblioteca. Foi fundado em 16 de junho de 1912, data que é comemorada anualmente com faustoso baile a rigor.

 

5) Clube Náutico Brasil. É social e esportivo. Situa-se no arrabalde da Vila Rubim, hoje incorporado à zona urbana da cidade. Possui sede própria e amplas dependências para jogos, diversões e festas sociais. A sua sede esportiva lhe fica próxima. É clube de gloriosas tradições esportivas. Foi fundado em 10 de novembro de 1921.

 

6) Praia Tênis Clube. É também social e esportivo. Está situado no aprazível bairro da Praia Comprida, o bairro aristocrático da Capital. Dispõe de sede própria e de campos de esporte, piscinas e jogos diversos. Congrega, de preferência, as tradicionais famílias daquele bairro. Possui Bar e Restaurante abertos ao público. Foi fundado em 11 de maio de 1934.

 

7) Iate Clube. É social e especializado no esporte marítimo. Está localizado também no bairro da Praia Comprida. Ocupa pequena e tranquila enseada cercada de abundante vegetação que lhe empresta uma moldura graciosa e repousante. Dispõe de bons serviços de Bar e Restaurante. Os seus barcos parados e silenciosos, com as suas velas brancas sopradas de leve pela brisa marítima completam a beleza e amenidade daquele recanto pitoresco da capital capixaba. Foi fundado em 7 de setembro de 1946.

 

8) Clube Libanês. É o mais novo dos Clubes da cidade. É essencialmente social. Situa-se num pequeno promontório existente no final da enseada que acompanha a conhecida e famosa praia da Costa, no vizinho Município de Espírito Santo, antiga Vila-Velha. Dele se divisa panorama encantador sobre o mar e ilhas fronteiras. Dispõe de sede majestosa, denominada Palácio de Mármore, dada a beleza e custo de suas instalações e dependências. Dispõe de piscinas, restaurante, bar e salas de jogos. No corpo do edifício encontram-se salas para banquetes e diversões. Foi fundado em 1965.

 

9) Clube Recreativo da Cidade de Colatina. É apenas social. É o mais antigo da cidade. Conta com excelente sede própria, no centro urbano e congrega a sua melhor sociedade. Dispõe de excelentes dependências para jogos, banquetes e diversões várias. Possui também excelente Biblioteca aberta ao público. Foi fundado em 1924.

 

10) Siribeira Clube da cidade de Guarapari. Situa-se numa pitoresca e graciosa península daquela cidade balneária. De original feitio é o mais antigo daquela cidade. Oferece aos seus associados recantos encantadores e vista deslumbrante para a cidade e para o mar. É o ponto preferido pelos veranistas e o mais concorrido dada as especialidades culinárias oferecidas pelo seu restaurante. Tira o seu nome de uma velha siribeira, árvore frondosa e acolhedora que existia à beira-mar, ao lado de sua entrada principal. Foi fundado em 24 de janeiro de 1953. 

 

Academia Espírito-Santense de Letras

Ester Abreu Vieira de Oliveira (Presidente)

João Gualberto Vasconcellos (1° Vice-Presidente)

Álvaro José Silva (1° Secretário)

Marcos Tavares (1° Tesoureiro)

Secretaria Municipal de Cultura - Prefeitura de Vitória

Lorenzo Pazolini (Prefeito Municipal)

Estéfane da Silva Franca Ferreira (Vice-Prefeita)

Luciano Pícoli Gagno (Secretário Municipal de Cultura)

Elizete Terezinha Caser Rocha (Coordenadora da Biblioteca Municipal Adelpho Poli Monjardim)

Conselho Editorial

Adilson Vilaça

Álvaro José Silva

Ester Abreu Vieira de Oliveira

Elizete Terezinha Caser Rocha

Fernando Achiamé

Francisco Aurelio Ribeiro

Getúlio Marcos Pereira Neves

Organização e Revisão

Francisco Aurelio Ribeiro

Capa e Editoração

Douglas Ramalho

Impressão

Gráfica Espírito Santo

Imagens

Arquivos Pessoais

 

Fonte: O Estado do Espírito Santo e os Espírito-santenses - Dados, Fatos e Curiosidades (os 10 mais...) - 4° Edição (Reedição da 3ª ed. de 1971)
Autor: Eurípedes Queiroz do Valle
Compilação: Walter de Aguiar Filho, Maio/2022

 

Esporte na História do ES

A pesca do Marlim Azul

A pesca do Marlim Azul

No Iate Clube do Espírito Santo é festa do marlim azul. O sol brilha mais forte: é o encontro de pescadores que ganharam fama mundial...

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

Apresentação do livro Escritos de Vitória - Esportes

O esporte abre caminhos. No Brasil, por exemplo, onde a ascensão social é driblada pela má distribuição de renda, a prática esportiva é opção de muitos

Ver Artigo
Introdução do Livro Escritos de Vitória - Por Jorge Alencar

Estes Escritos de Vitória revelam traços de figuras de Vitória — de desportistas, na sua maioria, e não de literatos

Ver Artigo
Fluminensinho, uma lição para a vida - Por Marcelo Bonfim Dessane

Os encontros continuavam na Prefeitura, perto da secular palmeira que enfeitava a praça, no bar do Olímpio, depois no Britz, na Sapataria Musiello

Ver Artigo