Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando desde 2000 a Cultura e História Capixaba

Dr. Luiz Buaiz - Integridade e vanguarda

Antônio Chambô também trabalhou com Luiz Buaiz quando este foi Provedor da Santa Casa, mas o conheceu ainda estudante. Como ele próprio contabiliza, “há mais ou menos 32 anos”. Para Dr. Chambô, Luiz Buaiz – com quem tem um ótimo relacionamento – sempre foi um médico que se pautou pela integridade. Ele faz uma avaliação: “Na idade em que o Dr. Luiz está, ele é um modelo para nós. Pelas suas ações, integridade e disposição para o trabalho que apresenta até hoje. Posso falar que o Dr. Luiz Buaiz, como chefe, é muito ponderado e toma decisões sempre com base em muita reflexão. Era um bom chefe, assim como é um bom médico. Temos uma amizade sincera e baseada na convivência no trabalho.”

A mente brilhante é uma das marcas sempre destacadas quando se fala de Luiz Buaiz. O gastroenterologista Oswaldo Pavan é uma das pessoas que pensam assim. Ele fala desse aspecto, ao se lembrar da convivência, ao longo dos anos, com Luiz Buaiz:

“Conheci Dr. Luiz Buaiz em 1984, voltando da residência no Rio de Janeiro. E pela amizade dele com a minha família fui convidado para trabalhar na Santa Casa. Ele tinha sido, pouco tempo antes, nomeado o provedor do hospital. Com toda a mente brilhante de vanguarda que possui, o Dr. Luiz acabou provocando lá uma revolução de melhorias. Ele foi o primeiro a importar um aparelho de videoendoscopia para o lugar.

Ele fez com que a Santa Casa passasse a ter uma administração marcante, levantou vários setores como enfermarias e centros cirúrgicos. Foi muito bom mesmo. Sempre com o compromisso de trazer novas tecnologias. Várias peças de endoscopia vieram ao Estado com o apoio dele.

O que era muito marcante no seu gabinete era a presença de todo tipo de gente. Desde pessoas comuns até deputados, senadores e governadores. Tudo graças a esse coração que ele tem. Ele ajudava a todos, sem fazer seleção. A porta ficava sempre aberta. Foi o Dr. Luiz, inclusive, que contratou vários médicos em começo de carreira.

Ficou guardada na minha memória a extrema facilidade dele para gravar situações, contratos e negociações. Isso, mesmo dois anos depois da realização. Uma vez ele estava com um processo de compra de um aparelho de endoscopia, e havia feito o acordo de pagar em cruzeiro ou cruzados, não lembro bem. Quando chegou a data de fechar o negócio, uns seis meses depois, o representante queria cobrar em dólar porque o preço da moeda subiu muito. Ele citou detalhes que até nós não lembrávamos. Quando fomos ver o contrato, realmente o acordo tinha sido feito dessa forma. Fatos como esse engrandecem o Dr. Luiz Buaiz. Sempre com o espírito despojado e irreverente. Sempre passando uma sabedoria muito grande. E, principalmente, a vontade de ajudar o próximo.

Considero o Dr. Luiz um ícone na história do Espírito Santo e tive o prazer de conviver com ele durante muitos anos...”.

 

PRODUÇÃO

 

Copyright by © Luiz Buaiz – 2012

 

Coordenação do Projeto: Angela Buaiz

 

Captação de Recursos: ABZ Projetos

 

Texto e Edição: Sandra Medeiros

 

Colaboraram nas entrevistas:

Leonardo Quarto

Angela Buaiz

Ruth Vieira Gabriel

 

Revisão: Herbert Farias

 

Projeto e Edição Gráfica: Sandra Medeiros

 

Editoração Eletrônica: Rafael Teixeira e Sandra Medeiros

 

Digitalização: Shan Med

 

Tratamento de Imagens: TrioStudio; Shan Med

 

Fonte: Luiz Buaiz, biografia de um homem incomum – Vitória, ES – 2012.
Autora: Sandra Medeiros
Compilação: Walter de Aguiar Filho, dezembro/2020

Especiais

Primeiras Constituições do Estado do ES

Primeiras Constituições do Estado do ES

A Constituição de 1892, perdurou até 1913. Substituída nesse ano, a nova Constituição vigorou cerca de dez anos. Foi reformada em 1923. Em 1928, houve no  mais uma reforma constitucional

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

Atividades Pioneiras - As 10 mais importantes

2) Advogados no Tribunal. Partiu da Constituição Espírito-santense de 1892 a prerrogativa dada hoje aos Advogados de participarem da composição dos Tribunais   

Ver Artigo
A origem da Praia da Costa

Ao tomar posse da Capitania do Espírito Santo em 1535, Vasco Fernandes Coutinho reservou para si uma área que veio a ser conhecida como " Fazenda da Costa".

Ver Artigo
As Conjunturas - Por Gabriel Bittencout

Espírito Santo - Alguns Aspectos da Independência 1820/1824    

Ver Artigo
Apresentação do Livro do Gabriel Bittencourt - Por José Honório Rodrigues

O professor Gabriel Augusto de Mello Bittencourt foi meu aluno no Mestrado de História da Universidade Federal Fluminense

Ver Artigo
Prefácio do Livro do Gabriel Bittencourt - Por Renato Pacheco

Gabriel Bittencourt, licenciado em história pela UFES, e ora em vias de conclusão do seu curso de Mestrado

Ver Artigo