Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando desde 2000 a Cultura e História Capixaba

Obras de Homero Massena na Internet

Homero Massena e sua esposa, D. Edy

Confira obras de Homero Massena, em material inédito na Internet. Esperamos que todos os capixabas e brasileiros possam reconhecer o artista como o gênio que foi, e sua importância no panorama das artes.

Nossos especiais agradecimentos à Kleber Galvêas, que fez a pesquisa e à Anna Bernardes, presidente do Conselho Estadual de Cultura, quando da publicação do catálogo.

O Museu Homero Massena fica na av. Beira-Mar, 273, Prainha, Vila Velha. Apresenta a história da colonização do município de Vila Velha e obras do pintor Homero Massena. Funcionamento: De segunda a sexta, das 9h às 17h. Finais de semana e feriados das 10h às 16h. Telefone 3388-4311.

 

Fonte: Catálogo do Museu Atelier Homero Massena
Pesquisa: Walter de Aguiar Filho na Biblioteca Pública Municipal de Vila Velha, 2001



GALERIA:

📷
📷


Especiais

O discurso homossexual na literatura do ES - Parte IV

O discurso homossexual na literatura do ES - Parte IV

A partir do final dos anos 70 e início dos 80, começaram a ocorrer no Brasil, movimentos organizados reivindicatórios dos direitos dos negros, das mulheres, dos índios e dos homossexuais

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

Bibliotecas - As 10 mais importantes

1) A Biblioteca Pública do Estado. Fundada em 16-6-1855, pelo Presidente da Província Dr. Sebastião Machado Nunes.

Ver Artigo
Atividades Pioneiras - As 10 mais importantes

2) Advogados no Tribunal. Partiu da Constituição Espírito-santense de 1892 a prerrogativa dada hoje aos Advogados de participarem da composição dos Tribunais   

Ver Artigo
A origem da Praia da Costa

Ao tomar posse da Capitania do Espírito Santo em 1535, Vasco Fernandes Coutinho reservou para si uma área que veio a ser conhecida como " Fazenda da Costa".

Ver Artigo
As Conjunturas - Por Gabriel Bittencout

Espírito Santo - Alguns Aspectos da Independência 1820/1824    

Ver Artigo
Apresentação do Livro do Gabriel Bittencourt - Por José Honório Rodrigues

O professor Gabriel Augusto de Mello Bittencourt foi meu aluno no Mestrado de História da Universidade Federal Fluminense

Ver Artigo