Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando desde 2000 a Cultura e História Capixaba

Primeiros moradores do Farol de Santa Luzia

Farol na década de 50 - Foto de Paulo Bonino

Os primeiros moradores da região do Farol de Santa Luzia, na Praia da Costa, Vila Velha, foram:

- Dona Idalina Gomes Siqueira;

- John Helal;

- Telesphoro e Rita Santos e seus filhos Nair, Teo e Cleber, que construíram sua residência na década de 50;

- Jessé (irmão da citada Idalina, primeira moradora) sua esposa Penha, ainda viva e lúcida, com 94 anos, atualmente moradora da Prainha. Jessé e Penha passaram a lua-de-mel nessa casa do Farol de Santa Luzia. Foram de barco.

Na mesma época em que os primeiros desbravadores da região do Farol de Santa Luzia escolheram morar ali, foi construída a residência oficial de verão do Governador do ES.

Ainda nessa mesma década, foi construída a rodovia Carlos Lindemberg, isto é, nos anos de 1950 e 1951, e que desemboca na entrada da residência do Governador. Como diria o personagem Krikati - do livro “Krikati, Tio Clê e o Morro do Moreno”, autor Walter de Aguiar Filho-, “de mão beijada!”.

 

Fonte: Walter de Aguiar Filho
Membro do Instituto Histórico e Geográfico do Espírito Santo
Membro da Casa da Memória de Vila Velha, CMVV
Site Morro do Moreno



GALERIA:

📷
📷


Bairros e Ruas

Triângulo da Fumaça – Por José Carlos Mattedi

Triângulo da Fumaça – Por José Carlos Mattedi

O apelido do local vem da fumaça provocada pelas churrasqueiras, fornecidas pelos donos de bar aos clientes que, invariavelmente, compram dos açougues vizinhos a carne para assar, numa perfeita comunhão do comércio praiano

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

Avenida Jerônimo Monteiro (ex-rua da Alfândega)

Atualmente, é a principal artéria central de Vitória. Chamou-se, antes, Rua da Alfândega, sendo que, em 1872, passou a denominar-se Rua Conde D'Eu

Ver Artigo
Poema-passeio com Elmo Elton - Por Adilson Vilaça

“Logradouros antigos de Vitória” sempre me impressionou. Mais de década depois, eu faria a segunda edição desta obra pela Coleção José Costa, dedicada à memória e história da cidade, e que foi por mim criada na década de 90

Ver Artigo
Escadaria Maria Ortiz

Ao tentar alcançar a parte alta da vila, subindo estreita rampa, conhecida como ladeira do Pelourinho, os corsários foram surpreendidos pela jovem Maria Ortiz

Ver Artigo
Bairro Glória – Por Edward Athayde D’Alcântara

O Bairro Glória era conhecido como “A Fábrica” por ter ali recebido a transferência da fábrica de bombons Garoto

Ver Artigo
Rua Nestor Gomes (ex-ladeira do Chafariz)

No governo de Florentino Avidos, a área foi urbanizada, pondo-se abaixo todos os casarões antigos ali existentes 

Ver Artigo