Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando desde 2000 a Cultura e História Capixaba

Rua da Alfândega (ex-travessa do Ouvidor)

Moqueca, só capixaba, o resto é peixada! - Cacau Monjardim

Situa-se entre a Avenida Jerônimo Monteiro e a Rua Duque de Caxias. Rua pequena e estreita, mais travessa do que rua. Foi sempre movimentada, tendo ali funcionado, por muito tempo, o popular Restaurante Barão, onde se serviam as melhores peixadas (moquecas) de Vitória, exatamente uma época em que pouquíssimos os restaurantes existentes na cidade.

Os serviços alfandegários, na capitania do Espírito Santo, segundo informa Basílio Daemon, tiveram início em 1550, sendo que, a 10 de janeiro de 1820, "instala-se a Alfândega de Vitória, cuja primeira sede foi no fortim do Carmo ou São Diogo, mudando-se, pouco depois para o Convento do Carmo, já transformado em quartel da tropa em linha. Em 1875 adquire sede própria, onde se acha a Guardamoria". Sabe-se, também, ter funcionado a Alfândega, provisoriamente, na Rua Duque de Caxias, antes da construção da sua sede própria, com entrada dando frente para a Praça 8 de Setembro, edifício já demolido, para dar lugar a um outro, mais amplo e de instalações modernas.

 

Fonte: Logradouros antigos de Vitória, 1999 – EDUFES, Secretaria Municipal de Cultura
Autor: Elmo Elton
Compilação: Walter de Aguiar Filho, setembro/2017

Bairros e Ruas

Primeiros moradores do Farol de Santa Luzia

Primeiros moradores do Farol de Santa Luzia

Os primeiros moradores da região do Farol de Santa Luzia, na Praia da Costa, Vila Velha, foram...

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

Arrabaldes de Vitória - Os 10 mais frequentados por Eurípedes Queiroz do Valle

Primitivamente a expressão significava o habitante desse arrabalde. Passou depois a significar os que nascessem em Vitória. Hoje é dado a todo espírito-santense

Ver Artigo
Centro de Vitória

Palco de batalhas ferrenhas contra corsários invasores, espaço para peladas de futebol da garotada, de footings de sábados e domingos, praças, ladeiras e ruas antigas curtas e apertadas, espremidas contra os morros — assim é o Centro de Vitória

Ver Artigo
Cercadinho – Por Edward Athayde D’Alcântara

Ao arredor, encosta do Morro Jaburuna (morro da caixa d’água), ficava o Cercadinho

Ver Artigo
Avenida Jerônimo Monteiro (ex-rua da Alfândega)

Atualmente, é a principal artéria central de Vitória. Chamou-se, antes, Rua da Alfândega, sendo que, em 1872, passou a denominar-se Rua Conde D'Eu

Ver Artigo
Poema-passeio com Elmo Elton - Por Adilson Vilaça

“Logradouros antigos de Vitória” sempre me impressionou. Mais de década depois, eu faria a segunda edição desta obra pela Coleção José Costa, dedicada à memória e história da cidade, e que foi por mim criada na década de 90

Ver Artigo