Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

O Bar Hamburgo

Praça Oito e Alfândega, 1950 - Acervo: José Tatagiba

Depois que o Bar Globo da Praça Oito fechou, o Bar Hamburgo, na rua Duque de Caxias ficou sendo o bar frequentado pelos boêmios e rapazes da época. Este bar, cujo dono chamava-se Fritz, servia o melhor chopp e melhor salada fria, de batatas, tipo alemã, que Vitória já viu.

Com a declaração de guerra do Brasil à Alemanha em 1942 o povo quebrou todo o bar, tendo "Seu" Fritz ido para o Rio Grande do Sul. Foi uma pena. Eram frequentadores diários do Hamburgo, Plinio Bruzi, Arnaldinho Magalhães Filho, meu irmão Jorge, Homero Vivacqua, um engenheiro de nome Scheleme, e outros rapazes e senhores que iam lá tomar o verdadeiro chopp e comer a famosa salada fria alemã preparada pela mulher do Fritz.

Como fechamento do Hamburgo, abriu-se no mesmo lugar o famoso Bar Globo, com seu velho globo de vidro pendurado na entrada

 

Autor: Hélio de Oliveira Santos
Livro: Estórias de Boêmios e Outras Estórias, Vitória, 1978
Compilação: Walter de Aguiar Fulho, maio/2012 


 

LINKS RELACIONADOS:

>> Fast Bar  
>>
 Britz
>>
 Boate Papagaio   
>>
 E por falar em saudade...



GALERIA:

📷
📷


Matérias Especiais

General das Artes

General das Artes

Conheci, na casa de Homero Massena, anos 60, um amigo dele muito especial. Pessoa sensível, de fino trato, grande admirador da boa pintura e da Arte do mestre. Algumas vezes servi de mensageiro entre os dois, levando ao escritório do amigo, textos do Massena (muitas vezes assinados com pseudônimos: J. Prates, J. Carlos...) para que ele (diretor do jornal) providenciasse a publicação.

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

Deputados capixabas nas duas constituintes imperiais

Em 1823, tomou assento na Assembléia Constituinte brasileira, como representante capixaba, o Dr. Manuel Pinto Ribeiro Pereira de Sampaio, membro do Supremo Tribunal de Justiça, era nascido em Vitória

Ver Artigo
Zé Pretinho

Fica ali, exatamente na esquina da Aleixo Neto com a José Teixeira. Do lado de Santa Lúcia. Não tem placa que o identifique. Mas há quarenta anos toda a redondeza cohece o Zé Pretinho

Ver Artigo
E por falar em saudade

Tenho saudades do torrone, da Garoto, um tablete de docinho recoberto de chocolate e com recheio pastoso de castanha, amêndoa ou amendoim, já não me lembro mais. Só sei que era uma delícia e que guardava todas as minhas pequenas economias para comer um a casa quinze dias. Era a época do leite-mel, da pastilha forte, da groselha, do sorvete de coco verde do Michel, guloseimas,...

Ver Artigo
Origem do Carnaval no Brasil

Fomos influenciados inicialmente pelos portugueses da Ilha da Madeira, Açores e Cabo Verde, que trouxeram a brincadeira de loucas correrias. No Brasil, com a criação dos Trios Elétricos pelos baianos, uma nova caracteristica de carnaval se disseminou

Ver Artigo
A âncora da Prainha

A âncora da Praça Tamandaré que fica localizada em frente ao Fórum e a Casa da Memória na Prainha, em Vila Velha, foi presenteada pela Marinha ao município de Vila Velha

Ver Artigo