Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Obras de Homero Massena na Internet

Homero Massena e sua esposa, D. Edy

Confira obras de Homero Massena, em material inédito na Internet. Esperamos que todos os capixabas e brasileiros possam reconhecer o artista como o gênio que foi, e sua importância no panorama das artes.

Nossos especiais agradecimentos à Kleber Galvêas, que fez a pesquisa e à Anna Bernardes, presidente do Conselho Estadual de Cultura, quando da publicação do catálogo.

O Museu Homero Massena fica na av. Beira-Mar, 273, Prainha, Vila Velha. Apresenta a história da colonização do município de Vila Velha e obras do pintor Homero Massena. Funcionamento: De segunda a sexta, das 9h às 17h. Finais de semana e feriados das 10h às 16h. Telefone 3388-4311.

 

Fonte: Catálogo do Museu Atelier Homero Massena
Pesquisa: Walter de Aguiar Filho na Biblioteca Pública Municipal de Vila Velha, 2001



GALERIA:

📷
📷


Especiais

Indígenas, Aldeamentos e Cooperação – Por Serafim Derenzi

Indígenas, Aldeamentos e Cooperação – Por Serafim Derenzi

Não fosse a ação catequista dos missionários, os primeiros colonos e donatários teriam sido exterminados

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

Apropriação cultural: uma questão ideológica – Por Kleber Frizzera

No Brasil, as iniciativas mais concretas de preservação do patrimônio histórico que vão desembocar na criação do IPHAN, na década de 30

Ver Artigo
Medidas para a preservação de recursos naturais, 1979

Os conservacionistas e os engenheiros agrônomos ficaram alarmados com a destruição dos recursos naturais da região costeira

Ver Artigo
Indígenas, Aldeamentos e Cooperação – Por Serafim Derenzi

Não fosse a ação catequista dos missionários, os primeiros colonos e donatários teriam sido exterminados

Ver Artigo
História do Carnaval Capixaba

O primeiro desfile de escolas de samba do Espírito Santo aconteceu em 1955. Em 1992, a tradição foi interrompida, e retomada em 1998

Ver Artigo
Boletim da Educação do ES (1930) - Parte 1

Aos representantes da cultura espírito-santense e brasileira, o Dr. Attilio Vivacqua, Secretário da Instrução, endereçou a CIRCULAR N.° 20  Victoria, 1º de setembro de 1930.

Ver Artigo