Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando desde 2000 a Cultura e História Capixaba

Barões Espírito- Santenses - Por Eurípedes Queiroz do Valle

Barão de Timbuí

1) Barão de Itapemirim. Dr. Joaquim Antonio de Oliveira Seabra. Foi o primeiro desse título. Era Bacharel em Direito. Foi nomeado em 1 de março de 1829. 

 

2) Barão do Guandu. Dr. Ignácio de Souza Amaral. Foi também o primeiro desse título. Era titular da Imperial Ordem da Rosa e da Imperial Ordem de Cristo. Foi agraciado com o título em 3 de março de 1856, por Decreto dessa data. O segundo deste título foi o Coronel João Bernardes de Souza, nomeado em 25-9-1889. Possuía precioso arquivo documental sobre a História do Espírito Santo.

 

3) Barão de Itapemirim. Coronel Joaquim Marcelino da Silva Lima. Foi o segundo desse título. Tinha honras de “Grandeza”. Foi nomeado por ato imperial de 15 de novembro de 1864.

 

4) Barão de Vila Velha. Dr. Joaquim Augusto de Moura. Era formado em Medicina. Foi agraciado com o título pelo Dec. Imperial de 17 de maio de 1837.

 

5) Barão de Timbuí. Coronel Olintho Gomes dos Santos Paiva. Foi nomeado por ato imperial de 16 de setembro de 1874.

 

6) Barão de Castelo. Dr. Manoel Luiz Rabello. Era médico. Foi agraciado por Decreto Imperial de 17 de dezembro de 1881.

 

7) Barão de Conceição da Barra. Coronel José Rozendo de Carvalho. Foi nomeado por ato Imperial de 10 de outubro de 1888.

 

8) Barão de Aimorés. Coronel Antônio Rodrigues da Cunha. Foi nomeado por Decreto Imperial de 24 de agosto de 1889.

 

9) Barão de Itapemirim. Dr. Joaquim Marcelino da Silva. Foi o terceiro desse título. Era filho do primeiro Barão, também desse título. Foi magistrado e parlamentar. Foi agraciado com o título por Ato Imperial de 25 de setembro de 1889.

 

10) Barão do Monjardim. Coronel Alfeu Adelfo de Andrade e Almeida Monjardim. Político e parlamentar. Foi o primeiro Governador republicano eleito do Espirito Santo. Deixou descendência ilustre. Foi distinguido com o título por Decreto Imperial de 24 de agosto de 1889. Por curiosa coincidência histórica, o seu filho, o escritor Adelfo Monjardim, foi também o primeiro Prefeito eleito de Vitória (1959-1963).

Fonte de Estudo. “Nobiliarquia Capixaba” de Soares Brandão in Suplemento Literário do jornal “A Gazeta” de 8-7-1967. “Titulares do Império do Brasil” in Dicionário de História do Brasil de Antonio da Rocha Almeida. Edição Globo. Porto Alegre. 1969. “História do Brasil” de Mário da Veiga Cabral. 4ª edição. Rio. 1947. “Espírito-santenses Ilustres”. Eurípedes Queirós do Valle in “Pequeno Dicionário Informativo do Estado do Espirito Santo”. Pág.. 91 e seguintes. Ed. Dep. Imp. of. Vitória, 1959.

 

Academia Espírito-Santense de Letras

Ester Abreu Vieira de Oliveira (Presidente)

João Gualberto Vasconcellos (1° Vice-Presidente)

Álvaro José Silva (1° Secretário)

Marcos Tavares (1° Tesoureiro)

Secretaria Municipal de Cultura - Prefeitura de Vitória

Lorenzo Pazolini (Prefeito Municipal)

Estéfane da Silva Franca Ferreira (Vice-Prefeita)

Luciano Pícoli Gagno (Secretário Municipal de Cultura)

Elizete Terezinha Caser Rocha (Coordenadora da Biblioteca Municipal Adelpho Poli Monjardim)

Conselho Editorial

Adilson Vilaça

Álvaro José Silva

Ester Abreu Vieira de Oliveira

Elizete Terezinha Caser Rocha

Fernando Achiamé

Francisco Aurelio Ribeiro

Getúlio Marcos Pereira Neves

Organização e Revisão

Francisco Aurelio Ribeiro

Capa e Editoração

Douglas Ramalho

Impressão

Gráfica Espírito Santo

Imagens

Arquivos Pessoais

 

Fonte: O Estado do Espírito Santo e os Espírito-santenses - Dados, Fatos e Curiosidades (os 10 mais...) - 4° Edição (Reedição da 3ª ed. de 1971)
Autor: Eurípedes Queiroz do Valle
Compilação: Walter de Aguiar Filho, Maio/2022

Personalidades Capixabas

Os irmãos Martins

Os irmãos Martins

Capixabas estiveram envolvidos em rebeliões ocorridas em Pernambuco, no primeiro quartel do século XIX. Todos eram membros da família Martins. O mais conhecido, certamente, é Domingos José que, homenageado, deu nome a uma cidade das terras altas do Espírito Santo, Domingos Martins.

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

Desembargadores - Os 10 mais antigos

3) Carlos Teixeira Campos. Natural do Município de Calçado, no Espírito Santo, no então Distrito de Bom Jesus do Norte. Nasceu em 6-3-1908

Ver Artigo
Dr. João Dukla Borges de Aguiar

As manifestações de pesar pelo seu falecimento - O Velório na Câmara Ardente - O Enterro - As Homenagens Oficiais - Outras Notas

Ver Artigo
Biógrafos - Os 10 mais conhecidos

1) Amancio Pinto Pereira. Educador e escritor. Escreveu “Traços Biográficos”

Ver Artigo
Barões Espírito- Santenses - Por Eurípedes Queiroz do Valle

Os 10 mais conhecidos segundo Eurípedes Queiróz do Valle

Ver Artigo
Engenheiros - Os 10 mais antigos

Dr. Antonio Francisco de Athayde. Político. Foi Deputado estadual e Prefeito da vizinha cidade do Espírito Santo, antiga Vila-Velha, dando-lhe o belo traçado que hoje apresenta e que lhe permitiu extraordinário desenvolvimento

Ver Artigo