Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando desde 2000 a Cultura e História Capixaba

Tipos Populares e Tipos Impopulares de Vitória

Otinho e Violão tipos populares de Vitória 1957

É bem verdade que até os tipos mais impopulares são populares. Mas não foi bem a isso que quis me referir. Quero dizer que há párias de suave educação diplomática , que conhecem todo mundo, que se entendem com todos e que com todos arranjam a vida; enquanto que outros há, também, que jamais querem se aproximar de um ser humano e que seu traço de união com a humanidade é uma mão estendida, à espera de um auxílio qualquer.

Há uma imensa coleção de tipos populares em Vitória, que qualquer um pode se aproximar, conversar, saber de suas mágoas e de seus problemas: Oto, Meio-Fio, Odilon, Boião (ou Canguru), Buck (ou Nero), Pau-de-Arara, Violão, Samuel, o agitador, e mais alguns outros que não me ocorrem no momento.

A sociedade noturna, que se espalha pelos raríssimos bares e cafés da cidade, não lhes é hostil. Ao contrário. Chama-os a suas mesas, dá-lhes café, cerveja, pão e dinheiro, ou então para divertir-se, ferra com eles terrível discussão (quase sempre política...). E a noite passa, o tempo passa, todo mundo vai para as suas casas, os tipos, porém, permanecem, esperando a madrugada, rondando os mercados, os olhos pesados de sono, o corpo vergando sob o cansaço até que a exaustão os venha jogar num canto de porta, ou os estire numa calçada ou banco de jardim.

 

 

Texto de Moreira Cacciari
Revista Vida Capichaba, janeiro de 1957
Foto: Pedro Fonseca
Pesquisa e Compilação: Walter de Aguiar Filho, mar/2011

Curiosidades

Pedra da Onça - Por Seu Dedê

Pedra da Onça - Por Seu Dedê

Localizada à margem esquerda do canal da Costa, braço sul. De frente ao Shopping Praia da Costa 

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

Praias - As 10 mais frequentadas por Eurípedes Queiroz do Valle

Iriri. Deriva de reri ou riri, ostras, mariscos que se encontra em toda costa espírito-santense. Irirí vem a ser portanto local onde há abundância de ostras

Ver Artigo
O Liceu: uma fábrica que virou escola - Por Gabriel Bittencourt

Assim nasceu o Liceu, no prédio da fábrica de papéis, na rua Moreira nº 170, depois do desmonte e alienação do maquinário daquele empreendimento industrial

Ver Artigo
Barra do Jucu – Por Seu Dedê

No ano de 1886, administrada pelo doutor Antônio Athayde, foram feitos os reparos, sendo a obra dividida em três lances unidos por um aterro

Ver Artigo
Lembranças, Presentes e Souvenires do ES - Os 10 mais curiosos (1971)

Biscoitos Alcobaça.  São produtos da Fábrica Alcobaça, de propriedade da firma “Rami­ro S.A. Indústria e Comércio”, instalada no Município de Espírito Santo (Vila Velha), com depósitos em Vitória

Ver Artigo
Características Naturais do Espírito-Santense - Por Eurípedes Queiroz do Valle

1) A saudação. Trata-se de uma exclamação de cunho amistoso, usada para saudar amigos e conhecidos. É representada por um “Ei!” pronunciado com uma en­tonação especial de voz

Ver Artigo