Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

1625: Os Holandeses invadem o Espírito Santo

Tela: A visão dos holandeses - Autor: Benedito Calixto - Ano: 1927

A guerra do açúcar, ensejada pelo domínio espanhol em Portugal, incendiava o Nordeste brasileiro, desde 1624.

No ano seguinte, os seus reflexos bateram às portas do Espírito Santo. Uma esquadra holandesa, constituída de 28 navios, entrou na barra de Vitória sob o comando de Pieter Heyn.

Os holandeses, mal sucedidos na tentativa de um ataque à cidade de Luanda, na África, regressaram ao ponto de partida – a Bahia -, e investiram contra o Espírito Santo.

A luta foi tremenda. Jesuítas e Franciscanos deram o seu auxílio. Depois de oito dias de investidas, os holandeses derrotados se retiraram, desanimados, com muitas baixas, entre as quais o almirante Guilherme Ians e Rodrigo Pedro.

Referem-se os documentos à bravura do Frei Manuel do Espírito Santo que, “vendo-se livre de um chuveiro de pelouros, se foi ao sino da igreja-matriz que ali estava perto, e o começou a repicar publicando vitória, com que a gente se animou mais a alcançá-la”.

 

Fonte: História do Estado do Espírito Santo, 1951
Autor: José Teixeira de Oliveira 

História do ES

Ano de 1850 – Por Basílio Daemon

Ano de 1850 – Por Basílio Daemon

Antônio Tomás de Godói chefe de Polícia e reconhecendo estar a província infestada de criminosos, dá logo as mais enérgicas providências no município de Itapemirim 

 

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

Ano de 1554 e 1555 – Por Basílio Daemon

Partiu para Portugal o donatário Vasco Fernandes Coutinho, deixando em seu lugar, para administrar a capitania, D. Jorge de Menezes 

Ver Artigo
Ano de 1550 – Por Basílio Daemon

A Alfândega, pelas investigações que fizemos, e como adiante se verá, no século XVII parece-nos ter sido estabelecida no local em que existe a casa de propriedade do Sr. Firmino de Almeida Silva 

Ver Artigo
Ano de 1539, 1540, 1547 e 1549 – Por Basílio Daemon

A escritura de doação foi firmada ainda em 1540, no entanto apenas em 1549 o monarca assinaria a carta de confirmação dela a pedido de Duarte de Lemos   

Ver Artigo
Doação da Ilha de Vitória a Duarte de Lemos

Mais uma vez a história do Espírito Santo traz “novos” fatos que favorecem o fim da cobrança da taxa de marinha na Ilha de Vitória

Ver Artigo
A antiga localização de Santa Catarina das Mós

No mapa do Império Brasileiro, de 1868 e elaborado por Cândido Mendes, a localidade de Santa Catarina das Mós situava-se ao sul da foz do rio Itabapoana

Ver Artigo