Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Alemães e Pomeranos

Santa Izabel no início do Século XX

Falar da presença alemã na cultura do Espírito Santo é se dirigir obrigatoriamente para a região Serrana do Estado. Chegando lá, é necessário uma diferenciação entre o que é alemão e o que é pomerano. Apesar de terem as mesmas origens germânicas, ambas as culturas são bastantes diferentes. A começar pela língua: pomeranos falam um dialeto que é incompreensível para os falantes de alemão. Ao contrário do restante do país, onde os imigrantes de origem germânica eram alemães na sua maioria, no Espírio Santo aconteceu o contrário: a prevalência é de pomeranos.

Os alemães começaram a chegar ao Estado a partir de 1847 e fundaram a colônia de Vila Izabel. Os pomeranos, a partir de 1859. Mas em 1868, no calor da unificação alemã, o governo germânico impediu a imigração (com exceção dos pomeranos). Assim, o alemão propriamente dito permaneceu na Europa.

Você pode ler também sobre os italianos no Espírito Santo adquirindo o livro Santa Teresa - Viagem no tempo - 1873/2008, de Sandra Gasaprini.

 

Fonte: A Gazeta de 29 de agosto de 2009
Compilação: Walter de Aguiar Filho, novembro/2013
Nota do Site: Você pode ler também sobre os italianos no Espírito Santo adquirindo o livro Santa Teresa - Viagem no tempo - 1873/2008, de Sandra Gasaprini

 

LINKS RELACIONADOS:

>> Imigração no ES
>> Domingos Martins 
>> Santa Maria de Jetibá 
>> Santa Leopoldina 

História do ES

Homenagem aos Imigrantes no ES

Homenagem aos Imigrantes no ES

O emigrante deseja, na verdade, que a nova terra seja uma cópia da que deixou para trás, mas sem as imperfeições que o fizeram abandoná-la

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

A República dos Coronéis no ES

No Espírito Santo, a família Monteiro, que representava o grupo e os interesses dos cafeicultores, monopolizou o poder político de 1908 a 1930

Ver Artigo
Vitória recebe a República sem manifestação e Cachoeiro comemora

No final do século XIX, principalmente por causa da produção cafeeira, o Brasil, e o Espírito Santo, em particular, passaram por profundas transformações

Ver Artigo
A República e o esforço pela expansão do ensino

No que diz respeito ao ensino primário, houve um acentuado aumento quantitativo do número de escolas e de matrículas

Ver Artigo
Com a República, pontes, estradas, indústria e comércio

No Espírito Santo, como nas demais províncias do Império, o movimento republicano foi pequeno. Em 23 de maio de 1887, foi fundado o primeiro clube republicano do Espírito Santo

Ver Artigo
A República

Aos dezesseis de setembro de 1888, reuniu-se, em Cachoeiro de Itapemirim, o primeiro Congresso Republicano Provincial do Espírito Santo

Ver Artigo