Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Escadaria Bárbara Lindenberg – Por Elmo Elton

Escadaria Bárbara Lindenberg, 1928

No século XVII, ao tempo do Colégio dos Jesuítas, chamou-se ladeira Padre Inácio, em homenagem a Santo Inácio de Loiola, fundador da Companhia de Jesus. Depois ficou conhecida como ladeira das Colunas, sendo que, após a visita de Dom Pedro II ao Espírito Santo, em 1860, passou a denominar-se ladeira do Imperador.

Em 1883 transformou-se a ladeira em escadaria, "com seis ordens de degraus e seis planos calçados a paralelepípedos, colocando-se, na base, quatro lampiões a gás, e, numa coluna, a lápide de mármore: Administração do Dr. M. B. Ribeiro de Amorim. Setembro de 1883".

No governo de Jerônimo Monteiro, a escadaria, refeita, ganhou a forma atual, incumbindo-se de sua construção o engenheiro Justin Norbert, que a decorou com quatro estátuas de mármore, representando as estações do ano, e com uma outra — adolescente sentado sobre um delfim estilizado — no centro de frente artificial.

Não há muito, a escadaria passou a denominar-se Bárbara Lindenberg; o povo, porém, continua a chamar-lhe, simplesmente, Escadaria do Palácio.

 

Fonte: Logradouros antigos de Vitória, 1999 – EDUFES, Secretaria Municipal de Cultura
Autor: Elmo Elton
Compilação: Walter de Aguiar Filho, janeiro/2017

Bairros e Ruas

O Bairro Ibes

O Bairro Ibes

O Instituto do Bem Estar Social (IBES) foi uma instituição criada pelo governo do estado do Espírito Santo com a finalidade de planejar e administrar empreendimentos voltados para o desenvolvimento social.

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

Praça Costa Pereira – Por Serafim Derenzi

Em 1922, o Prefeito Dr. Pereira Lima, mudou-lhe o nome para "Praça da Independência". Não logrou popularidade. Voltou ao apelido atual

Ver Artigo
Logradouros antigos de Vitória – Por Serafim Derenzi

LARGO DA MATRIZ — hoje Catedral, com a elevação do Estado a Bispado. Praça fronteira ao templo, onde se situava pequeno cemitério

Ver Artigo
Rua Coronel Monjardim (ex-rua da Capelinha) - Por Elmo Elton

Chamou-se, a princípio, Rua da Capelinha, visto que, ali, se erguia a capela da Ordem Terceira do Carmo. Era estreito caminho que, do pé da ladeira do Convento de São Francisco,

Ver Artigo
Avenida da República (ex-rua da Vala) - Por Elmo Elton

Ao termino do logradouro, o prédio do Clube dos Boêmios Carnavalescos. Esse prédio, depois, passou a ser sede própria do instituto Histórico e Geográfico do Espírito Santo

Ver Artigo