Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando desde 2000 a Cultura e História Capixaba

Camarões ao creme

Bandeira de Camarões

Parafraseando o escritor Deomar Bittencourt, nós, no Espírito Santo, achamos que só quem sabe preparar peixe é o capixaba.

Mas, para deleite de todos, publicamos neste site receitas deliciosas da culinária capixaba, com o uso de peixes e mariscos. Aproveite!

CAMARÃO AO CREME DE MILHO

Ingredientes:

- 6 colheres de sopa de trigo;
- 2 quilos de camarão;
- 1 litro e meio de leite;
- 1 colher de sopa (bem cheia) de manteiga;
- 2 latas de milho verde;
- 4 colheres de sopa de queijo parmesão ralado;
- 1 lata de creme de leite (com o soro);
- Temperos de moqueca: coentro, tomate e cebola.
- sal a gosto;
- Fatias finas de mussarela.

Modo de preparo:

1ª Etapa

Leve ao fogo, numa frigideira, seis colheres das de sopa de trigo e mexa sempre até tomar uma cor dourada. Retire do fogo e deixe esfriar num prato.

2ª Etapa

Faça uma moqueca com dois quilos de camarão.

3ª Etapa

Coloque numa panela o trigo já frio, despeje devagar um litro e meio de leite, uma colher das de sopa, bem cheia de manteiga, e mexa bem até ficar tudo dissolvido. Leve, então, ao fogo, até tomar consistência de creme bem espesso.

Retire do fogo e acrescente duas latas de milho verde sem o soro, quatro colheres das de sopa de queijo parmesão ralado, sal a gosto, e uma lata de creme de leite com o soro. Mexa com cuidado, e arrume num pirex grande, em camadas alternadas.

1ª Camada: creme de milho com fatias finas de mussarela por cima.

2ª Camada: A moqueca de camarão, com o mínimo de caldo.

3ª Camada: O resto do creme, com fatias de mussarela por cima e enfeite com alguns camarões. Leve ao forno para gratinar, 30 minutos. Sirva com arroz branco. Oito ou dez porções.

Receita tirada do livro HISTÓRIAS DE UM VELHO PESCADOR, de Deomar Bittencourt Pereira, 1982.

LINKS RELACIONADOS:

 Panela de Barro

Culinária Capixaba

Culinária Capixaba - CALDEIRADA

Culinária Capixaba - CALDEIRADA

Parafraseando o escritor Deomar Bittencourt, nós, no Espírito Santo, achamos que só quem sabe preparar peixe é o capixaba

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

Pratos Típicos da Cozinha Capixaba - Torta Capixaba

Seu preparo requer uma “técnica” especial. Trata-se de prato que o espírito-santense não dispensa à mesa nos dias da Semana Santa

Ver Artigo
Pratos Típicos da Cozinha Capixaba - Muma de Siri

É uma variedade de moqueca, feita de siris novos, moles e pequenos

Ver Artigo
Você come moqueca ou peixada?

"Moqueca, só capixaba! O resto é peixada". A frase dita pelo jornalista Cacau Monjardim ficou conhecida dentro e fora do Estado do ES, causando ciúme em vários centros gastronômicos do país

Ver Artigo
A Tradição da Torta Capixaba – Por Areobaldo Lellis Horta

Uma tradição existe, que lhe é própria, que lhe pertence por inteiro e cujas origens aprofundam raízes em épocas imemoriais. Essa tradição é a TORTA

Ver Artigo
A Origem da Torta Capixaba no ES

Há registro em a Gazeta da Victoria, edição de 28 de março de 1878, divulgava-se: “aos amantes das Tortas. Camarões secos na casa de negócio Casilhas, à rua de São Diogo”

Ver Artigo