Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Engenhos de açúcar no ES

Ilustração: Mônica Mol

O texto abaixo é transcrito do que é considerado o primeiro livro sobre o Brasil. Em 1576, em Lisboa, Pero de Magalhães de Gândavo imprimiu as páginas de sua História da Província de Santa Cruz (um dos primeiros nomes do Brasil) no mesmo local onde foi editado os “Lusíadas”.

“Da Capitania do Espírito Santo.

A capitania do Espírito Santo está a cinqüenta léguas de Porto Seguro em vinte graus da qual é capitão e governador Vasco Fernandes Coutinho. Tem um engenho somente. Tira-se dele o melhor açúcar que há em todo Brasil.

Há dentro da povoação um mosteiro de padres da Companhia de Jesus. Tem um rio muito grande onde os navios entram, no qual se acham mais peixes bois que nenhum outro rio desta costa. No mar junto desta capitania matam grande quantidade de peixes grandes e de toda maneira, e também no mesmo rio há muita abundância deles.

Nesta capitania há muitas terras e muito largas onde os moradores vivem muito abastados assim de mantimentos da terra como de fazendas: e quando se tomou a fortaleza do rio de Janeiro, desta mesma capitania do Espírito Santo sustentarão toda gente e proverão sempre de mantimentos necessários enquanto estiverem na terra os que a defendiam.”

 

Fonte: Tratado da Província do Brasil, 1576 (livro original)
Autor: Pero de Magalhães de Gândavo

Compilação: Walter de Aguiar Filho, fevereiro/2010

Links Relacionados:

>> Ouro e Açúcar

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

Nas Vésperas da Independência – Por Mário Freire

A última barreira do Siri, próxima à foz do Itapemirim, havia sido o extremo norte da fazenda, doada aos padres em 1702

Ver Artigo
Após a Independência - Por Mário Freire

Dissolvendo a Constituinte em Novembro de 1823, Pedro I incumbiu o Conselho de Estado de organizar um projeto de Constituição

Ver Artigo
Pródromos da Independência Nacional

Domingos José Martins – Filho de Joaquim José Martins e de D. Joana Luisa de Santa Clara Martins, nasceu em Caxangá, hoje Itapemirim

Ver Artigo
A independência do Espírito Santo se chama café

Todas as câmaras das Vilas do Espírito Santo aderiram imediatamente ao Imperador D. Pedro I

Ver Artigo
Proclamação da Independência do Brasil na vila de São Mateus,1823

A vila de São Mateus custou a decidir-se a fazer a proclamação, em consequência de parte da população baiana quererem pertencer à Bahia

Ver Artigo