Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando desde 2000 a Cultura e História Capixaba

A enchente de 1960 em Vila Velha – Por Edward Athayde D’Alcântara

A enchente de 1960 em Vila Velha – Por Edward Athayde D’Alcântara

Ponte da Barra do Jucu – Na foto o momento que antecedeu a sua destruição quando a ponte foi levada pelas águas da enchente de 1960

Curiosidades de Vila Velha

Curiosidades de Vila Velha

Na pesca com a maré cheia, os peixes principais eram as tainhas e os robalos. Além disso, nas marés baixas, o rio era rico em caranguejos, guaiamuns, aratus, canivetes, siriobas, rerietês, berbigão e siris

Cais dos Padres – Por Seu Dedê

Cais dos Padres – Por Seu Dedê

Na tela de Benedito Calixto de 1927, vê-se a primeira alfândega da Capitania

A Prainha do meu tempo – Por Seu Dedê

A Prainha do meu tempo – Por Seu Dedê

Não existia o uso do termo Prainha por quem residisse onde hoje diziam ser a Prainha

Apicum do Poço - Edward Athayde D’Alcântara

Apicum do Poço - Edward Athayde D’Alcântara

De lagoa em lagoa a água foi se juntando até chegar a lagoa maior conhecida como Apicum do Poço, e principal braço (braço sul) do Rio da Costa

Toca – Por Seu Dedê

Toca – Por Seu Dedê

Depois de Ernesto Goggi David vinha o terreno e residência de Gil Bernardes da Silveira

Abissínia – Por seu Dedê

Abissínia – Por seu Dedê

Não se diria que era um bairro. O lugar hoje é conhecido como Rua Araribóia, fica logo atrás do Cemitério Municipal

O Porquê do livro - Memória do Menino... e de sua Vila Velha

O Porquê do livro - Memória do Menino... e de sua Vila Velha

Desde cedo me interessei por história. No primário, nosso querido professor Ernani Souza, diretor do Grupo Escolar Vasco Coutinho

A Parteira Dinorah Louzada – Por Seu Dedê

A Parteira Dinorah Louzada – Por Seu Dedê

Parteira, moradora de Maxambomba. Era muito conhecida em Vila Velha como parteira e benzedeira

O Matadouro de Vila Velha – Por Seu Dedê

O Matadouro de Vila Velha – Por Seu Dedê

No prolongamento da Rua Dom Jorge de Menezes, sobre uma pedra na encosta do Morro da Penha e à margem do Rio da Costa, ficava o abatedouro municipal