Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando desde 2000 a Cultura e História Capixaba

Os guarás

Guarás

Foram os guarás – pássaros de porte médio e coloração rosada – que deram origem ao nome Guarapari. Guará é a espécie da ave; e paryn, alçapão ou armadilha. Quando os jesuítas fundaram Guraparyn, os guarás era abundantes na região. Com o tempo foram desaparecendo. Hoje os poucos exemplares da espécie se reproduzem em cativeiro.

Depois de sua extinção na região, os guarás permaneceram muito tempo distantes da memória da cidade. No máximo eram citados em referências sobre a origem da palavra Guarapari. Até que o hoteleiro, criador e pesquisador de aves, Manoel Duarte, se interessou pelo assunto, e passou a criá-los, preservando a espécie.

 

Fonte: Edição Especial de A GAZETA – Municípios do ES
Vitória, segunda-feira, 26 de setembro de 1994
Compilação: Walter de Aguiar Filho, julho/2012 

 

Curiosidades

Areias de Guarapari viraram bomba

Areias de Guarapari viraram bomba

Areia monazítica explorada em Guarapari foi exportada e usada pelos Estados Unidos na fabricação de bombas

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

Praias - As 10 mais frequentadas por Eurípedes Queiroz do Valle

Iriri. Deriva de reri ou riri, ostras, mariscos que se encontra em toda costa espírito-santense. Irirí vem a ser portanto local onde há abundância de ostras

Ver Artigo
O Liceu: uma fábrica que virou escola - Por Gabriel Bittencourt

Assim nasceu o Liceu, no prédio da fábrica de papéis, na rua Moreira nº 170, depois do desmonte e alienação do maquinário daquele empreendimento industrial

Ver Artigo
Barra do Jucu – Por Seu Dedê

No ano de 1886, administrada pelo doutor Antônio Athayde, foram feitos os reparos, sendo a obra dividida em três lances unidos por um aterro

Ver Artigo
Lembranças, Presentes e Souvenires do ES - Os 10 mais curiosos (1971)

Biscoitos Alcobaça.  São produtos da Fábrica Alcobaça, de propriedade da firma “Rami­ro S.A. Indústria e Comércio”, instalada no Município de Espírito Santo (Vila Velha), com depósitos em Vitória

Ver Artigo
Características Naturais do Espírito-Santense - Por Eurípedes Queiroz do Valle

1) A saudação. Trata-se de uma exclamação de cunho amistoso, usada para saudar amigos e conhecidos. É representada por um “Ei!” pronunciado com uma en­tonação especial de voz

Ver Artigo