Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

1896-1900 – Graciano dos Santos Neves

1896-1900 – Graciano dos Santos Neves

Recebeu o Estado em quadra difícil, quando o café sofria terrível queda de preço, abalando, até os alicerces, a economia e o comércio capixabas

O ES em 1900 – E assim o Espírito Santo chegou ao fim do século

O ES em 1900 – E assim o Espírito Santo chegou ao fim do século

Dois estabelecimentos bancários funcionavam na Capital: o Banco Espírito-santense e o Banco da Vitória

Partidos políticos, Constituição, Início da República

Partidos políticos, Constituição, Início da República

Tão logo pareceu consolidado o regime inaugurado a quinze de novembro de 1889, os políticos começaram a coordenar o eleitorado

Golpe de Estado de 3-11-1891

Golpe de Estado de 3-11-1891

Era o fim. A oposição bem o compreendeu e cuidou de organizar a Junta Governativa, constituída por Graciano dos Santos Neves e outros

Nova Constituição de 02 de maio de 1892

Nova Constituição de 02 de maio de 1892

No primeiro governo Muniz Freire – A dois de maio de 1892 foi solenemente promulgada a nova Constituição

Diretrizes republicanas e Governo Afonso Cláudio

Diretrizes republicanas e Governo Afonso Cláudio

Uma constante presidiu aos atos dos governos espírito-santenses na primeira metade do século – a conquista do hinterland

Outras versões da origem do nome Vitória

Outras versões da origem do nome Vitória

A origem do nome Vitória é assunto sobre o qual não são unânimes as opiniões dos historiadores. Na opinião de Basílio Daemon, citada por Luiz Serafim Derenzi, “houve uma batalha com os índios. Sobre estes foi conseguida a vitória e, por essa motivo, deu-se o nome de Vitória à nova sede do governo”.

O desporto na Universidade – Por Mário Cantarino

O desporto na Universidade – Por Mário Cantarino

Há esperanças de que do meio universitário saiam os futuros representantes das equipes brasileiras nos confrontos desportivos internacionais

Notícia histórica: São Maurício, Padroeiro da Vila do Espírito Santo nos tempos coloniais

Notícia histórica: São Maurício, Padroeiro da Vila do Espírito Santo nos tempos coloniais

Inobstante ao fato dessa onipresente proteção Mariana, o padroeiro de ambas as povoações da Capitania do Espírito Santo, naqueles tempos iniciais, foi o mártir São Maurício

Vitória ao limiar do século XVII – Por Serafim Derenzi

Vitória ao limiar do século XVII – Por Serafim Derenzi

Ao limiar do século XVII a vila de Vitória é ainda uma aldeia construída de taipa, cujas casas são cobertas de sapé ou palhas da pindoba

Pesquisa

Facebook