Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Investimento em obras de saneamento – Bacia do Itabapoana

A Estação de Tratamento de Esgoto de Bom Jesus do Norte recebeu melhorias

A Companhia Espírito-Santense de Saneamento (Cesan) programou investimentos de R$3,2 milhões em obras para melhorar o abastecimento de água e a coleta e tratamento de esgoto em alguns municípios banhados pelo Rio Itabapoana.

Em Bom Jesus do Norte, a empresa planeja investir R$2,2 milhões na ampliação do sistema e abastecimento de água e construção de reservatório, além de complementação do sistema de esgotamento sanitário da Estação.

Em São José do Calçado estão previstas a substituição de redes de distribuição e a reforma da Estação de Tratamento de Água (ETA), bem como a construção da nova captação, com investimentos da ordem de R$500 mil, beneficiando cerca de 8 mil pessoas.

Em Apiacá, nos próximos três anos, a empresa planeja investir R$200 mil em melhorias no sistema de abastecimento de água, compreendendo captação, adutora de água bruta e redes de distribuição, além de melhorias na ETA, beneficiando mais de 4 mil pessoas.

Para o município de Dores do Rio Preto a companhia destinará recursos para construção da nova captação de água bruta por gravidade e implementação de 3 mil metros de redes adutoras de água, atendendo a 2 mil habitantes.

CONSÓRCIO

A Cesan também participa da Bacia do Rio Itabapoana por meio do consórcio do rio, atualmente presidido pelo prefeito de Muqui, José Paulo Viçosi, o Frei Paulão.

Obras trazem benefícios

Nos últimos quatro anos, a Cesan aplicou R$ 710 mil em municípios da Bacia do Rio Itabapoana, melhorando a qualidade de vida da população local.

Em Bom Jesus do Norte, foram realizados serviços de ampliação do sistema de esgotamento sanitário da sede e melhorias em estações elevatórias de esgoto e na Estação de Tratamento de Esgoto, mil metros de redes de água e 736m de redes coletoras de esgoto.

Em Divino de São Lourenço, foram feitas melhorias na Estação de Tratamento de Água (ETA), em elevatórias de água tratada e captação, além da construção de 800 metros de rede de distribuição, no valor de R$ 54 mil.

Em São José do Calçado, foram investidos R$ 456 mil na construção de reservatório do sistema de abastecimento de água de cada com capacidades para 540 mil metros cúbicos ao todo da distribuição, beneficiando um total de 8 mil habitantes.

 

Fonte: A Gazeta – Especial – 07 de outubro de 2007
Compilação: Walter de Aguiar Filho, março/2016

Rios do ES

Pescadores apontam mudanças – Rio Doce

Pescadores apontam mudanças – Rio Doce

Os profissionais que vivem às margens do rio Doce avisam que algumas espécies de peixes estão em extinção

Pesquisa

Facebook

Matérias Relacionadas

Fundo para financiar projetos nas Bacias Hidrográficas do ES

A proposta é de que recursos dos royalties do petróleo, do setor elétrico e de rochas ornamentais financiem melhorias 

Ver Artigo
Itabapoana vai ganhar comitê

Membros do consórcio da bacia realizam preparativos para eleger no mês que vem a diretoria provisória

Ver Artigo
Serra das Torres, paraíso intocado

A região poderá abrigar a primeira Unidade de Conservação da Bacia do Itabapoana, por possuir espécies em extinção e não catalogadas

Ver Artigo
Enchentes causam prejuízos na Bacia do Itabapoana

A natureza, aliada à ação predatória do homem, eleva a ocorrência de inundações na Bacia do Rio Itabapoana

Ver Artigo
Comércio de escravos no Itabapoana

O rio sustentou uma sociedade oligárquica e escravocrata, onde o tráfico de negros africanos era uma importante fonte de lucro

Ver Artigo
Pobreza e riqueza lado a lado – Bacia do Itabapoana

Muqui tem o maior sítio histórico do Espírito Santo com 186 imóveis tombados, construídos no início do século XIX

Ver Artigo
Rio Itabapoana integra três estados

A Bacia do Itabapoana passa por 18 municípios, sendo 9 capixabas, 5 fluminenses e outros 4 mineiros, antes de desaguar no Oceano Atlântico 

Ver Artigo